Sabe em quem estou pensando agora?

Amelie poulain

São 22h e 39 e estou aqui em um quarto isolado em uma pequena cidade brasileira, ou se preferir, estou em um canto neste infindável Universo e, poderia estar fazendo coisas bem mais “produtivas” sob qualquer ponto de vista que não fosse o meu. Mas estou pensando em Amélie Poulain.

Estou pensando nos detalhes de sua vida. Em como sua personagem é viva e em como de fato você é você mesma Amélie em vários pontos do mundo. Em como você é você dentro de mim e dentro de tantos corações.

Sua curiosidade, seus sonhos e seu desenho e desejo em ser útil a alguém e assim, ser útil a si mesma. Sua despretensão com o amor e sua crença de que todos os amores são possíveis.

Seus sonhos e sua capacidade de ter o seu mundo paralelo em um mundo tão exato e ao mesmo tempo incerto.

A morte e a vida dançam e eu cara Amélie, sonho… Como uma louca, como uma estúpida e com uma esperança pequena ao mesmo tempo em que é imortal.

Você não está vendo, não sabe se quer alcançar, mas segue, caminha e deixa a vida te mostrar o que deve ser feito a partir do primeiro passo.

Aquela caixinha com pertences de um menino poderiam ter ficado por toda a vida debaixo do taco velho, mas a sua curiosidade jamais permitiria e sua inquietude para ver os sonhos de alguém em chamas era maior do que qualquer conformismo com o tempo que vagarosamente e rapidamente passa, ao mesmo tempo em que envelhece fios de cabelo e torna fotos com a coloração das fotos antigas.

E há um amor em algum lugar, talvez vários… E há alguém em algum lugar esperando por um amor impossível e há seus olhos e sua capacidade de colorir mundos.

Quem lhe compreende senhorita ou seria sra. Poulain?

Aqui estou pensando em como a vida é… Temos um mundo cinza em um dia e no outro, um horizonte sem fim, daqueles que se olha com um quê soberbo de preguiça! Porque por um momento a vida parece estranhamente eterna.

Pequenos gestos, pequenas ações e um mundo ao redor que se muda de maneira estrondosa. Ainda assim há algo em algum lugar que clama, algum pedaço de verdade, alguma miragem repleta de cores.

A vida é essa passagem em que ora nos encontramos perdidos e no escuro e em que ora encontramos a doçura seja de um mundo além do nosso, seja de um filme como esse, em que a personagem é mais que uma personagem, é uma alma, é um encontro com sua própria alma e com os seus sonhos.

Anúncios

2 comentários em “Sabe em quem estou pensando agora?

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: