Meu coração é foda!

mulher-apaixonada
Fonte: atitude.com

Se a gente parar para pensar vai ver que tem muitos motivos para ficar na tal bad. Mas tudo é uma questão de perspectiva, não é mesmo? O meu coração, por exemplo, parece um ser à parte de mim e, resolvi parar para observar em como ele é louco! Faz tempo que estou tentando fazer uma reforma dentro desse coração. Cansei desse espaço grande demais e dessa casa da mãe Joana que ele virou. Sério! Qualquer pobre diabo é bem recebido e as portas estão sempre escancaradas. Estou afim de botar uma porta com código secreto e tudo mais. Chega! Agora só entrarão os candidatos a beatificação (risos).

Mas todas as vezes que tentei essa tal reforma, sabe o que o meu coração fez? Se fingiu de totalmente despedaçado, totalmente de morto, aí olhei, vi que estava “irreconstruível” e desisti!

Mas ando sentindo umas coisas aqui, ele não morreu coisa nenhuma, e nem está tão em pedacinhos assim. O coitado é persistente, grande, mole, uma criança boba!

Você é foda coração e, sabe do que mais? Não farei reformas em você de jeito nenhum. Fique aí exposto, aberto, grande, fique aí pronto para amar, docinho!

Como dizia Janis Joplin na canção Piece of my Heart: “Vem, quebre mais um pedacinho do meu coração!”

Vem quebrar, pode quebrar tudo, até o último pedacinho! Sabe por quê? Porque meu coração é foda, meu bem! Ele se refaz como a clichê Fênix.

E minha preocupação com os radicais livres é maior do que com essas tentativas invasoras de quem quer me ver no chão.

No chão, eu cavo túneis e sabe aonde me levam? Também não sei. Mas quero que saiba que eu não desisto e procuro sempre uma maneira de refazer pensamentos, de renascer, sabe?

Tenha sempre um vestido florido, garota! Tenha sempre um vestido rodado para os dias mais leves e siga em linha reta.

Ouça mais rock and roll nos dias mais pesados. Vá de Janis e mescle com um pouco de Doors, não indico Stones, porque essa de Stones para quem me conhece se tornou tão clichê! (risos)

Ê coração persistente! Que vazio mesmo não fica nunca. Se não estiver batendo por pobres diabos, bate por um arco-íris por aí, bate por um colágeno mais barato em lojas de produtos naturais. Coração, fodão, forte como rocha e rebelde. Não farei mais reformas em você. Fica aí sem porta  com esse quadro de Modigliani na entrada. Você não tem jeito!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: