Não posso evitar de me apaixonar… por mim

 

me amo

É engraçado, mas a vida nos leva a uma condição existencial de que é fundamental servir para ser servido. Falo de amor, de compaixão, de boas qualidades e, acredito nisso… Acredito no “servir”, mas o que me incomoda é que neste ato de servir ao próximo, o ser humano, segundo essa “lei divina” deveria abdicar-se de si mesmo. A minha vida? Deixa… Eu quero amar, quero me doar, quero fazer por alguém, mas quanto a mim, não importa. “Eu me viro”. Mas nunca nos “viramos” em relação a nós mesmos. É o ato de servir sem esperar ser servido ou, como no caso de tantas pessoas, é crer que Deus ou o Universo recompensará e creio que Ele recompensa sim, mas também espera seres humanos com atitude e, não meras peças de xadrez que esperem o jogador para posicioná-las.

O título desse texto veio por conta da música de Elvis Presley Can’t Help Falling In Love. Me lembro de Elvis quando era criança num daqueles filmes antigos e a única imagem de que me recordo é a de vários casais apaixonados acampados em um vasto espaço coberto por pedregais, em clima de luau, enquanto essa música tocava. A sensação que eu tinha era de tristeza. No fundo batia uma sensação de que aquilo era ser feliz, ter alguém para amar, sentado em um acampamento, num luau ou ser a pessoa mais contemplada pelo Universo e ter o Elvis como par (risos). Talvez eu esteja viajando bem alto escrevendo isso. Até mesmo as palavras, pense nisso, têm um destino muito certo para o amor. Acho isso maravilhoso, claro. Mas questiono sobre o amor. Porque o amor é bem maior. E as palavras… Elas podem expressar tantos sentimentos: o amor e até mesmo os similares e não menos importantes.

Mas se você parar para ouvir a canção, principalmente no refrão, quando o Elvis com aquela voz inconfundível canta Não posso evitar de me apaixonar por você (Can’t Help Falling In Love With You)… E esse é o momento em que se imagina que a moça que ouve a canção deve morrer de amor. Mas, não! Não deve morrer de amor.

Como um rio que corre certamente para o mar… Me apaixonar por você, meu bem, é inevitável. E pobre da donzela que acreditou nos olhos verdes e na voz grave do belo moreno de cabelos negros brilhantes. Porque logo depois ele percebeu que assim como certamente o rio corre para o mar, nem tudo foi como ele imaginou e essa mesma canção poderá ser reciclada e cantada sabe-se lá Deus para quantas donzelas.

amor próprioVocê pode ler isso e me taxar de desacreditada no amor. Mas acredite, sou um dos seres mais românticos existentes neste planeta. Apenas desacredito das promessas vagas e entoadas ao vento. Desacredito de textos decorados em plateia ávida por cordéis. Desacredito dessa necessidade de gritar para o mundo aquilo que não se diz nem a si mesmo.

Realmente é incrível estar nessa vibe de se apaixonar e de ser algo assim natural, inevitável, algo que mesmo que fosse evitável, não seria, por ser tão desbaratinado. Mas… seria ‘realmente’ maravilhoso olhar para esse ser que me olha todos os dias do reflexo do espelho e poder cantar Não posso evitar de me apaixonar por você.

E sabe por que não posso evitar de me apaixonar por mim? Porque eu sou o único ser que conheço que me olha como eu gostaria que me olhassem. Sou o único ser que me absolve de quaisquer julgamentos por me conhecer tão bem. Sou o único ser que se olha com promessa de infinitas chances e a cada chance. Sou o único ser que me perdoa por conhecer realmente as minhas verdadeiras razões. E sabe Deus? Ele vive em mim.

E sei que não há e jamais haverá alguém seja em um luau ao som de Elvis Presley ou de cima do monte Everest gritando que me ama, que saberá com toda a alma quem realmente fui e sou. E é por isso que não me sinto mais melancólica ao ouvir essa música do saudoso Presley, porque aprendi que o sentido que faz sentido de fato é o with me no lugar de with you.

E é realmente certo como o rio que corre para o mar. Não consigo evitar de me apaixonar por mim. Por esse alguém que me abraça desde quando existo. Que me serve antes que eu pudesse saber que poderia também servir.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: