O planeta está precisando de vidas que não seguem coreografias

 

fofa

Estava vendo do nada um post de um empreendedor que dizia que dormia muito pouco, quatro horas ao dia, aí havia uma planilha de um dos dias dele e em alguns momentos ele cochilava, e era uma agenda que acho que nem banda de rock clássico tem em turnês de shows pelo mundo… Sério! Aí tinha também a receita de uma bebida para dar energia, para que a pessoa mantivesse o foco…

O meu foco, nem café forte e amargo traz de volta quando realmente não estou disposta. E me abdicar de sono é o mesmo que matar de uma vez qualquer vestígio de criatividade. Eu preciso muito dormir e mesmo vivendo sob pressão, em tempos de faculdade, por exemplo, não conseguia ficar acordada contra a vontade e nada saía quando meus olhos estavam lutando para continuarem abertos. É claro que isso sou eu, muita gente vive bem dormindo pouco, muita gente consegue virar noites sem dormir, muita gente lida bem com a abstinência de sono. Mas o assunto mesmo é essa busca completamente insana por carreira e realizações.

Claro que para que coisas aconteçam é preciso que exista esforço, sacrifícios são feitos, lutas até mesmo internas são travadas, mas penso que se o tal foco for só nos objetivos futuros, se  a gente deixar de viver o presente, se a gente deixa de ouvir o que a vida quer nos ensinar, penso que esforço algum ainda que o objetivo tenha sido conquistado, valerá.

Eu não esqueço um dia que vi no noticiário (tinha 7, 8 anos de idade)… Um casal de velhinhos, depois da virada da nossa moeda para o Real, havia juntado dinheiro e guardado debaixo do colchão, isso na época do Cruzeiro, mas aí chegou o Plano Real e fim… Eles choravam muito. O que levou aquele casal a esse ato? Cegueira. Poderia até rir sim da ignorância em querer juntar dinheiro e não resgatar o valor antes da mudança da moeda, mas esses momentos de cegueira podem pairar sobre a vida de qualquer um de nós. Esse tipo de cegueira nos impede de enxergar o óbvio.

Sempre, desde muito pequena, procurei fazer as coisas querendo saber por que fazia. Talvez por isso, eu tenha desistido da Matemática, porque a princípio eu podia contar, poderia ter os resultados exatos, mas depois, quando surgiram aquelas fórmulas loucas, eu apenas pensava (o que será de mim? Onde aplicar isso?). Hahahaha

Queria entender quando era comum que todos fizessem algo, se realmente aquilo iria me agregar… Demorei a me decidir sobre o que fazer da vida, porque por mais loucura que pareça, o dinheiro não me norteava, pensava apenas em fazer algo com muita paixão. Tudo coloco sob o prisma da paixão. Sem ela, não vejo sentido. E até mesmo porque sou tão dispersa, que se eu não gostar de algo, como encontrar forças? (risos)

Não quero que essa cegueira, essa mesma que pairou sobre este casal de velhinhos que mencionei e com certeza sobre tantas outras pessoas. Não quero que paire e me possua.

Acredito que o foco nessa vida é viver, é de certa forma se arriscar, é ouvir o coração, é seguir a intuição, o foco mesmo é não se trair.

Continuarei dormindo como urso polar, continuarei sim fazendo apenas o que acredito e gosto, mesmo que seja bobagem para a maioria das pessoas. Não está certo ouvir o mundo e não ouvir quem passa o tempo todo com a gente, não se pode deixar de ouvir o EU.

Corra! Seja jovem para sempre! Case-se! Tenha filhos! Emagreça! —  blá blá blá.

O mundo diz “Corra! O tempo é muito curto”. Não, eu não quero correr, quero ir no meu tempo, olhar em volta, quero sentir o lugar por onde caminho, não preciso e nem devo corresponder às tais fórmulas exatas e desnecessárias para o meu exercício de existir.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: