Se sentir perdido pode ser um ótimo sinal

 

se-sentir-perdido-pode-ser-um-otimo-sinal

Você sabe bem aonde quer ir? Talvez esse seja um sinal de que algo não está certo na sua vida. Quem pensa que estar perdido pode ser algo bem-vindo e importante? Sim, existe uma sensação de que todas as trilhas são desconhecidas e de que não há por onde seguir, por onde se escorar com medo de que os pés resvalem.

Um dos meus filmes favoritos – além de todos do gênero terror  – é Náufrago. Minha cena favorita não é a de quando Chuck Noland retorna depois de quatro anos e finalmente revê a sua amada ou quando se separa de Wilson, a bola de voleibol. A minha parte favorita é o final, quando ele está parado diante de inúmeras possibilidades de caminho. Ok, ele deveria se sentir perdido, porque de qualquer maneira não sabia o que fazer da vida depois de tanto tempo afastado da civilização, mas penso que a sensação de estar perdido pode ser como uma tábua de salvação na qual precisamos aprender — com dificuldades extremas — a deixar que nos salve.

As nossas certezas podem nos trair, aliás, elas muitas vezes nos traem. Quando temos total segurança sobre nós e sobre algo, talvez seja sinal de que alguma coisa está muito errada e quem sabe mal conectada em nossa maneira de viver.

Sempre temos possibilidades, sempre existem caminhos a escolher e a seguir. Quando alguma coisa não segue o curso que gostaríamos, é como se aquilo estivesse totalmente errado, porque nossos desejos estavam inclinados para aquilo, e não sabemos se aquele caminho poderia realmente ser positivo. É quando as nossas possibilidades se esgotam ou falham que as forças do Universo começam a agir e aí que essa força libertadora começa a nos guiar impondo muitos caminhos e surge aquela velha sensação: “Qual caminho seguir?”.

Sigo para o norte? Me inclino para o sul? Sigo o meu coração? Sigo a minha razão? Tenho aprendido uma lição bem louca de que, quando não sabemos para aonde ir, é preciso seguir o caminho que mais nos faz sentir perdidos e sem sentido algum. Pode ser que essa seja uma escolha bem arriscada, mas também tenho aprendido a me desprender dessa preocupação com riscos e encarar a vida com um ar da sempre louca Vegas.

É saindo do lugar habitual que poderá encontrar respostas, más surpresas que podem ser seguidas de boas e doces surpresas, é saindo do caminho “seguro” que poderá ampliar as possibilidades de caminho.

A alma precisa seguir na escuridão que a envolve para que, em algum momento, encontre o próprio resgaste. É exatamente em meio a tantas dores, tantos porquês e tantas dúvidas, que o poder acima de nós age para dar rumo e sentido ao que antes parecia totalmente perdido. E aí, novos caminhos surgem, novas dúvidas e estranhas sensações e, muitas vezes, o caminho da perdição se mostra o único antídoto para almas desesperançadas. É se perdendo, que o sujeito se encontra.

Texto escrito para o portal We Love

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: