Essa doideira que é viver

Coragem mulher

Guimarães Rosa diz que a vida quer de nós coragem – Ô se quer!!! E talvez a vida queira ainda mais de nós, queira a nossa total despreocupação com a nossa própria vida. Eu não consigo muito lidar com a vontade superior, com a força do Universo, impetuosa, sobre a minha frágil vida. A sensação de descontrole é desconcertante e (des)de sempre eu estou no comando do meu barco em maré brava.

Não adianta tentar controlar algumas coisas, tentar ir contra a maré, não adianta tentar estar ‘por dentro’ dos acontecimentos e tentar organizar tudo como se fosse uma gaveta de roupas. É indo, caminhando, dia após dia, sem pensar tanto, que se segue nessa vida.

E sim, é corajoso não olhar para a vida – com a forma que ela quiser ter – sem se preocupar com isso. Seja o que for… Como for. O máximo que se pode fazer é emanar bons pensamentos e energias a si mesmo.

Viver é foda. Viver com sentido é foda. Querer viver sentindo que está vivendo e não (sobre)vivendo é uma luta, com armas singelas, que precisam ser manuseadas com delicadeza. A vida é delicada, é aos poucos, é de bocados.

Para seres um tanto afobados quanto eu é árduo o exercício da leveza, mas cá estou. Mostrar a fraqueza pode ser bem importante para que alguns seres por aí se sintam abraçados. Tá foda viver!! Mas sigo, sigo…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: